Enem 2020

Estamos caminhando para mais uma edição do Enem 2020 – Exame Nacional do Ensino Médio. Neste artigo vamos apresentar todas as novidades do Exame, inclusive sobre a aplicação digital.

Ministério da Educação – MEC juntamente com o Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, já confirmaram as datas de aplicações das provas. Além disso, foi divulgado que o Enem 2020 contará com uma aplicação Digital, contudo, será disponibilizado apenas 50 mil vagas para 15 capitais. Além da aplicação digital, o exame terá as provas regulares, ou seja, o Enem terá duas aplicações no ano de 2020.

Enem 2020 – Exame Nacional do Ensino Médio

Como fazer a inscrição do Enem 2020Todos os estudantes que vão participar das provas do Enem 2020 – Exame Nacional do Ensino Médio precisam conhecer os detalhes do teste que é aplicado em nível nacional. O exame conta com aproximadamente 6 milhões de estudantes anualmente, contudo, os números vêm caindo nas últimas edições. Um bom aproveitamento pode garantir a conquista de uma vaga em um curso superior.

Criado pelo Governo Federal no ano de 1998, o Enem servia exclusivamente como um instrumento de avaliação do domínio de competências pelos estudantes que estavam concluindo o ensino médio. Até o ano de 2003, o objetivo do Enem continuou o mesmo. Por sua vez, na edição de 2004, houve uma reformulação e as provas também começaram a ser critério de classificação no processo seletivo do Prouni (Programa Universidade para Todos). Na edição de 2005 foram registrando aproximadamente 3 milhões de inscritos, sendo o maior número de participantes desde a criação.

No ano de 2009 o Ministério da Educação (MEC) desenvolveu o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a fim de facilitar que os candidatos cursem o ensino superior em instituições públicas. Assim, o Enem alavancou, pois passou a ser utilizado como critério de seleção para o ensino superior. Devido ao sucesso, as universidades de todo o país começaram a extinguir seus tradicionais vestibulares.

Aplicação do Digital e Tradicional das Provas

Imagem Enem 2020Conforme foi divulgado pelo Inep a aplicação digital ocorrerá como modelo-piloto, ou seja, um teste para as outras edições. Eventualmente a estrutura deverá ser a mesma, sendo 180 questões de múltiplas escolhas divididas igualmente entre:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  • Matemática e suas Tecnologias.

Onde serão aplicadas as provas digitais do Enem 2020?

Imagem prova do Enem 2020

Como será um modelo-piloto, o Inep disponibilizará 50 mil vagas em 15 capitais. De acordo com o órgão, as provas serão aplicadas nos dias 11 e 18 de novembro, para as seguintes capitais:

  1. Belém – PA;
  2. Belo Horizonte – MG;
  3. Brasília – DF;
  4. Campo Grande – MS;
  5. Cuiabá – MT;
  6. Curitiba – PR;
  7. Manaus – AM
  8. Florianópolis – SC;
  9. Goiânia – GO;
  10. João Pessoa – PB;
  11. São Paulo – SP
  12. Porto Alegre – RS;
  13. Recife – PE;
  14. Rio de Janeiro – RJ;
  15. Salvador – BA.

Enem 2020 Regular

Imagem Enem 2020 ProvasDe acordo com a coletiva do Inep, as provas serão aplicadas nos dias 1 e 8 de novembro. Eventualmente permaneça com a mesma estrutura educacional, as provas do Enem 2020 serão aplicadas da seguinte maneira:

  • Dia 1
    • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias / Redação: Literatura, Língua Portuguesa, Artes, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Educação Física e Tecnologias
      da Informação e Comunicação;
    • Ciências Humanas e suas Tecnologias: Geografia, História, Filosofia e Sociologia.
  • Dia 8
    • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Física, Química e Biologia
    • Matemática e suas Tecnologias: Certamente será cobrado somente matemática, mas abrangerá operações com frações; Porcentagem; Análise de Gráficos e Tabelas; Estatística e Probabilidade; Relações entre grandezas; Geometria; Conversão de unidades; Combinatória Básica; Escala; Função afim.

Edital do Enem 2020

Imagem EDITAL ENEM 2020Surpreendentemente na coletiva não foram informados a respeito da data de divulgação do edital do Enem 2020. Contudo, com base nas edições anteriores, o edital deverá ser publicado no Diário Oficial da União (DOU) no mês de maio. Certamente o documento contará com todas as regras e cronograma oficial do exame, por isso, é de extrema importância a leitura do edital.

Além da divulgação no DOU, o Inep certamente disponibilizará o documento na página oficial, através do endereço eletrônico https://enem.inep.gov.br/. O edital do Enem 2020 poderá ser impresso ou feito o download em PDF, ficando a critério do participante.

Inscrições do Enem 2020

Imagem Inscrições do Enem 2020Conforme os cronogramas das edições dos últimos anos do Exame Nacional do Ensino Médio, já conseguimos ter uma previsão de quando será iniciado o período de inscrição para o Enem 2020.

No ano de 2018, por exemplo, a escolha do Inep foi de começar o período de inscrições no dia 07 de maio, uma segunda-feira, com término do prazo às 23h59min do dia 18 do mesmo mês, na sexta-feira da semana seguinte.

Por sua vez, também com duração de duas semanas, as inscrições para o ano de 2019 começaram no dia 06 e se encerraram no dia 17 seguinte, em uma segunda e sexta-feira, respectivamente.

Assim, é muito provável que o início das inscrições do Enem 2020 aconteça às 10h da manhã do dia 04 de maio, uma segunda-feira, e o término aconteça às 23h59min do dia 15 do mesmo mês. É importante ressaltar que o sistema de inscrição funciona de acordo com o horário oficial de Brasília/DF.

O Enem 2020 contará com uma taxa de inscrição, contudo, alguns estudantes possuem direito à isenção. Desse modo, a solicitação deverá ser feita no mês de abril, só terão direitos ao pedido aqueles candidatos que:

  • Que vão concluindo o ensino médio em 2020 e que seja de escola pública. Assim automaticamente será isento;
  • Cursou todo o ensino médio em escola de rede pública ou como bolsista integral na rede privada. Além disso, deverá ter renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio;
  • Candidatos de baixa renda que sejam cadastrados no CadÚnico do Governo Federal. Lembrando que deverá respeitar os termos no artigo 4º do Decreto 6.135/2007.

Passo a Passo de como fazer a inscrição do Enem 2020

Inscrições Enem 2020

  1. Acesse o Endereço Eletrônico: As inscrições do Enem 2020 poderão ser feitas através da internet no endereço eletrônico http://enem.inep.gov.br ou pelo aplicativo celular “Enem“;
  2. Forneça dados pessoais: Deverão ser fornecidos o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF), data de nascimento do participante, número do RG – Registro Geral (Identidade), endereço, telefone celular e e-mail válido;
  3. Situação do ensino médio e língua estrangeira: O participante responderá em qual situação se encontra referente ao ensino médio. Além disso, escolher a opção de língua estrangeira para as cinco questões que serão aplicadas dentro da prova de Linguagens. As opções disponíveis são Inglês e Espanhol;
  4. Local de Prova: O estudante deverá optar por um município que possui preferência em fazer o exame. Antes de mais nada, vale lembrar que as provas serão aplicadas em novembro;
  5. Criar senha de acesso: A senha criada será exigida para acessar a Página do Participante, consultar o resultado individual, e participar dos programas que promovem o ingresso no ensino superior. Deve ser formada por letras e números.
  6. Questionário socioeconômico: O participante deve preencher um questionário com informações relativas à sua renda e classe familiar.
  7. Gerar boleto: Para finalizar o processo de inscrição para participar do Enem 2017 os participantes devem gerar o boleto para o pagamento da taxa de inscrição ou declarar carência socioeconômica e solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição.

Antes de mais nada, curta e compartilhe a página do Instagram Guia do Enem. Desde já, boa sorte a todos.