CORONAVIRUS: ENEM 2020 pode ser cancelado

O Coronavirus (COVID-19) pode ocasionar o cancelamento do Enem 2020. Como vai ficar o exame diante da pandemia do virus no país? O Ministério da Educação – MEC está estudando a situação do Exame Nacional do Ensino Médio, o qual aguarda milhões de participantes. Depois da OMS, Organização Mundial de Saúde, decretar estado de Pandemia de Coronavirus, chegou a vez do Brasil decretar situação de calamidade devido à presença Coronavírus ou Covid-19 em território nacional. Os cenários e previsões de números de casos de infecção e mortes provocados pelo virus não são nada otimistas. Isto fez com que todos os tipos de eventos e até atividades fossem cancelados ou suspensos, inclusive atividades educacionais.

Em consequência da pandemia foi decretado que as aulas presenciais de todas as escolas, universidades e demais instituições de ensino fossem suspensas. Além disso, começou a vigorar medidas de quarentena e isolamento social. Nas previsões mais otimistas a epidemia não será controlada até final do mês de agosto. Este cenário certamente provocará não apenas o cancelamento ou suspensão do Enem 2020, mas também de todos os anos letivos de todas as atividades de ensino do Brasil em 2020, com exceção restrita a alguns cursos EAD.

Diante deste cenário resta perguntar: Como ficará o ENEM 2020?

Provas do Enem 2020

Conforme a última atualização do MEC juntamente com o Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira foram definidas as datas do Enem 2020 para a aplicação regular e a digital. De acordo com a coletiva, as provas seriam aplicadas em dois domingos, a primeira aplicação seria a digital, onde estão marcadas para os dias 11 e 18 de outubro. Já a prova regular permanece até o momento para novembro, agendados para os dias 1 e 8 de novembro.

Além disso, na coletiva foi informado que a prova digital seria aplicada para 50 mil participantes em 15 capitais, sendo elas:

  1. Belém – PA;
  2. Belo Horizonte – MG;
  3. Brasília – DF;
  4. Campo Grande – MS;
  5. Cuiabá – MT;
  6. Curitiba – PR;
  7. Manaus – AM
  8. Florianópolis – SC;
  9. Goiânia – GO;
  10. João Pessoa – PB;
  11. São Paulo – SP
  12. Porto Alegre – RS;
  13. Recife – PE;
  14. Rio de Janeiro – RJ;
  15. Salvador – BA.

Dados do Covid-19 ou coronavírus no Brasil

Imagem coronavirus_brasil

Neste momento o Brasil enfrenta o início da pandemia do Coronavirus com a transmissão comunitária identificada em todo território nacional. São Paulo decretou quarentena em todo Estado. O Ministério da Saúde já prevê um cenário de falência total do sistema de saúde já em Abril. Estados e municípios decretaram o fechamento do comércio e de serviços não essenciais determinando medidas de isolamento social, orientando às pessoas permanecer em casa e só sair apenas em casos estritamente indispensáveis.

Como é sabido, o Coronavirus tem maior taxa de mortalidade entre os idosos, o que não significa que também não possa atingir com gravidade alguns casos entre pessoas mais jovens. Segundo tem se observado, o COVID-19 possui rápida disseminação e um período de incubação que vai de 7 a 14 dias quando então passa a manifestar os sintomas mais graves. Há também a possibilidade de pessoas manifestarem formas assintomáticas do vírus, ou seja, que não demonstram os principais sintomas que são:

  • tosse;
  • nariz escorrendo;
  • dor de garganta;
  • febre;
  • dificuldade na respiração.

A transmissão do vírus é feita pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:

  • gotículas de saliva;
  • espirro;
  • tosse;
  • catarro;
  • contato pessoal com resquícios de secreções, como toque ou aperto de mão;
  • contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vai ter ou não o Enem 2020?

Não há ainda um pronunciamento oficial do MEC sobre a situação da próxima edição do Exame Nacional do Ensino Médio. As provas do Enem 2020 ainda estão confirmadas para as datas previstas. Contudo, o ministro Abraham Weintraub participa de reuniões para discutir todos os cenários possíveis, inclusive o de uma eventual necessidade de cancelamento ou adiamento das provas.

A situação será definida nos próximos dias, uma vez que a publicação do edital era esperada para a primeira quinzena de abril. Já as inscrições estavam previstas para maio.

Assim sendo, o exame permanece confirmado para os dias 11 e 18 de outubro e 1 e 8 de novembro.

  • Ciências Humanas e suas tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas tecnologias;
  • Matemática e suas tecnologias;
  • Linguagens códigos e suas tecnologias.

Curta e compartilhe a página do Facebook Enem 2020 ou o Instagram Guia do Enem e fique por dentro de todas as novidades do exame.

1 comentário em “CORONAVIRUS: ENEM 2020 pode ser cancelado”

Deixe um comentário